Descubra ZAO make-up…
…Uma subtil conjugação entre o efêmero e o duradouro.

Zao desenvolveu fórmulas de origem 100% naturais. Enriquecida com ingredientes biológicos para delicadamente embelezar a sua pele.
Deixe as cores deslumbrantes, as texturas e a combinação extraordinária de conforto e retenção de longa duração seduzi-la.
Aproveite este produto inovador na sua moderna apresentação, elegante e natural: Bambo.

A beleza do bambo por fora, benefícios do bambo por dentro!

poster-50X70_vector

Inovador e Natural:

Estamos convencidos de que uma linha de maquilhagem biológica certificada deve ser usada numa embalagem natural.
Descobrimos bambo – e gostámos da sua elegância e modernidade. O bambo é uma planta de crescimento rápido, não necessita de muitos recursos e liberta grandes quantidades de oxigénio. A maioria das outras plantas demora entre 15 a 25 anos para crescer, enquanto que o bambo atinge o seu tamanho máximo entre 3 a 5 anos.

gamme1

Ética e ecologia :

O nosso laboratório desenvolveu formas especiais de respeitar tanto a sua pele como o planeta:
– Com ingredientes 100% naturais;
– Com ingredientes biológicos e de comércio justo;
– Com produtos livres de talco, até mesmo os pós;
– Sem óleos minerais, parafina, polissorbato, EDTA, BHT, BHA;
– Produtos não testados em animais. Com certificação (“Cruelty-free”).

ZAOrange_

Recarregáveis e sustentáveis :

Graças a um sistema simples e inovador, quase todos os nossos produtos são recarregáveis. Genuinamente económico, as recargas e as embalagens utilizadas pelo nosso sistema irão reduzir os custos e ao mesmo tempo permite que possa libertar a sua criatividade e jogar com a nossa ampla gama de cores.
recharge_lipstick

Prémios

Todas estas qualidades fizeram com que a ZAO make-up ganhasse 2 estrelas em 2014 da “Slow cosmetique” (melhor resultado para uma marca de maquilhagem).

LOGO_LAUREAT_SLOW_RVB

Informação acerca da “Slow Cosmétique” aqui

Para além disso a Zao obteve o 1ºlugar na classificação “Ethical Living” de marcas de maquilhagem naturais e biológicas: ethicallivingIssueAugust2012.